Prataria em São Paulo

A prata é sinônimo de requinte e bom gosto.

Desde os tempos antigos sempre fora apreciada, e hoje encontra-se variedade e diversidade no que se destina a seu uso.

Leia abaixo alguns cuidados que devem ser tomados para conservar produtos de prata:

Como se limpa a prata?

Primeiramente, veja se a peça a ser limpa está protegida por verniz. Se ela tiver uma camada de verniz, limpe-a com uma flanela macia e seca e sem nenhum abrasivo.
Não havendo verniz, deve-se limpá-la com um polidor de metais do tipo silvo ou brasso. Aplica-se uma fina camada, fricciona-se um pouco e, depois de seco, retira-se o produto com uma flanela extra macia.
Quando existem apenas manchas suaves uma flanela macia e seca as remove.

Como conservar a prata?

Para preservar o brilho, a prata exige certos cuidados. As peças raramente utilizadas devem ser limpas imediatamente após o uso e guardadas em lugar seco e envolvidas em papel-toalha.
As peças em uso sofrerão oxidação normal e podem, eventualmente, necessitar de polimento em politriz.

E Por que a prata escurece?

A prata é particularmente sensível ao enxofre e ao cloro. Esses elementos encontram-se na composição de variados produtos de uso doméstico como a água sanitária (contém cloro), polvilhos anti-sépticos (contêm enxofre), as colas brancas (contêm enxofre), a água oxigenada cremosa (contém enxofre).
Alguns alimentos como ovos, cebola e maionese podem escurecer a prata.
O uso de luvas de látex e o contacto com combustíveis fósseis também podem ocasionar o escurecimento da prata.
O maior responsável pelo escurecimento da prata, no entanto, é a poluição atmosférica especialmente nos locais de intenso tráfego de veículos. Os gases do escapamento contêm grande quantidade de enxofre.